Voltar Página inicial

NOVIDADES

Inicio* Novidades* Isabel Doering Muxfeldt é...

Isabel Doering Muxfeldt é uma das homenageadas em livro lançado pelo Governo

 

A artesã Isabel Doering Muxfeldt, Diretora da Joias do Pantanal, participou nesta manhã, 23 de março, do lançamento do livro “Vozes do Artesanato”, realizado na governadoria. A empresária é uma das homenageadas. "Estou extremamente feliz e orgulhosa em fazer parte deste importante registro da história do artesanato Sul-Mato-Grossense", colocou a artesã.

O Governador André Puccinelli ressaltou o trabalho dos artesãos do Estado na divulgação de Mato Grosso do Sul em nível nacional e internacional. “Os artesãos levam o nome de Mato Grosso do Sul para o mundo com a cultura traduzida no artesanato, promovendo a divulgação de cultura indígena e dos artesãos regionais. Este trabalho orgulha os sul-mato-grossenses. O governo do Estado se empenhará e dar mais divulgação aos trabalhos dos artesãos”, afirmou Puccinelli.

"Vozes do Artesanato" é o terceiro livro da série publicada pela Fundação de Cultura, que nas anteriores tratou da dança e do teatro, e tem registro na Biblioteca Nacional. Neste volume, o foco é o artesanato de Mato Grosso do Sul, representado por 38 artesãos, além dos modos de produção coletivos das cerâmicas Terena e Kadiwéu, e de três homenagens póstumas.

A obra contou com uma rede de colaboradores de todo o Estado, incluindo jornalistas, fotógrafos, pesquisadores, designers, entre outros, sendo de grande relevância para a cultura sul-mato-grossense. A tiragem inicial é de dois mil exemplares, que serão distribuídos em bibliotecas públicas e embaixadas brasileiras no exterior.

O Diretor Presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros, lembrou que o Estado foi o primeiro, em todo o Brasil, a lançar o Plano Estadual de Leitura e do Livro (PELL), incentivando a criação e obras literárias e espaços para leitura.

“O artesanato, além da beleza e manifestação cultural, gera renda e acrescenta na economia do Estado. Este livro é um registro da arte e recupera os trabalhos de 38 artesãos. É um resgate da história cultural de Mato Grosso do Sul. É também uma homenagem aos artesãos, que contribuem para a atividade artística no Estado”, afirmou Calheiros.

Os livros serão distribuídos em bibliotecas públicas, escolas, em orgãos que trabalham com cultura e universidades. O livro foi realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e faz parte das comemorações da Semana do Artesão, que acontece entre os dias 20 e 23 de março.

Fonte: Boris Valerio Verbisck - Governo MS

Fotos: Edemir Rodrigues - Governo MS

Veja também